Espectro para o 5G

Este fórum interativo de um dia examinará os requistiro por trás das exigências de espectro para 5G nas diferentes faixas de freqüência que serão necessárias para atender à estas várias tecnologias.
Leia Mais

Las Violetas de Bronka

"(...) A proposta de fazer um programa com mulheres foi bem acolhida pelas pessoas da Rádio, em geral lhes pareceu interessante(...)". Leia esta entrevista com a Domi...
Leia Mais

Provedor Comunitário

Como Montar e Regularizar um Provedor Comunitário. A ONG ARTIGO 19 reuniu presencialmente vários especialistas para discutir os temas que seriam abordados neste estudo...
Leia Mais

Tools and technologies for equitable access

O texto anexo de Alberto Escudero-Pascual é parte de uma série de estudos sobre equidade de acesso à infraestrutura da Internet, encomendada pela Associação para o Progresso das Comunicações (APC). Está incluido um texto introdutório de Alan Finlay. Estão anexados também os comentários de Carlos A. Afonso e Steve Song.

O acesso equitativo à infraestrutura da Internet requer a combinação de políticas, tecnologia e capacitação humana. Este texto concentra-se em tecnologias e ferramentas para a universalização do acesso. As tecnologias são apresentadas em cinco áreas principais:

  • Acesso sem fio
  • Computação de baixo custo e baixo consumo de energia
  • Padrões abertos, hardware e software
  • Serviços e conteúdo local
  • Acesso aberto e redes abertas.

O documento fornece antecedentes para cada uma dessas áreas de tecnologia e faz referência a práticas estratégicas para garantir o acesso equitativo. Depois de analisar os vários problemas e estratégias, faz um conjunto de recomendações relacionadas a cada uma das áreas de tecnologia.

As intervenções sugeridas cobrem uma série de questões, incluindo: acesso público ao espectro eletromagnético, redes abertas, capacitação, promoção de serviços locais, uso de padrões abertos e controle de qualidade em tecnologias de informação e comunicação (TICs).

O artigo conclui que historicamente o uso equitativo das TICs é resultado de tornar a tecnologia acessível, adequada e relevante às realidades locais.