Espectro para o 5G

Este fórum interativo de um dia examinará os requistiro por trás das exigências de espectro para 5G nas diferentes faixas de freqüência que serão necessárias para atender à estas várias tecnologias.
Leia Mais

Las Violetas de Bronka

"(...) A proposta de fazer um programa com mulheres foi bem acolhida pelas pessoas da Rádio, em geral lhes pareceu interessante(...)". Leia esta entrevista com a Domi...
Leia Mais

Provedor Comunitário

Como Montar e Regularizar um Provedor Comunitário. A ONG ARTIGO 19 reuniu presencialmente vários especialistas para discutir os temas que seriam abordados neste estudo...
Leia Mais

Redes Comunitárias

Internet Society - Understanding Community Networks in Africa

There is widespread recognition of the opportunities and potential benefits of expanding access to the Internet, as recognized by the Sustainable Development Goal (SDG) targets. Yet, around four billion people still lack access to it. Community networks, communications infrastructure deployed and operated by citizens to meet their own communication needs, are being increasingly proposed as a solution to connect the unconnected. However, in Africa, where the proportion of unconnected is among the highest globally, little is known about the role community networks are playing.

Rede Comunitária na cidade de Penalva (MA) conecta quilombolas

Rede Comunitária na cidade de Penalva conecta quilombolas

Em fevereiro de 2017, o Nupef implantou a primeira fase de construção de uma rede de comunicação na comunidade quilombola do Bairro Novo, na cidade de Penalva, estado do Maranhão. Penalva é uma cidade pobre, situada em uma região denominada "baixada maranhense". É uma área com muitos conflitos e disputas entre fazendeiros e comunidades indígenas e quilombolas

Credenciamento da Telebras como operadora do "Internet para Todos"

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações credenciou a Telebras como apta a operar o programa Internet para Todos, que pretende levar a conectividade para regiões remotas de todo o Brasil sem acesso à internet. Não há exclusividade para a estatal e outras empresas de telecomunicações interessadas em prestar o serviço poderão se cadastrar no MCTIC.

Páginas

Subscrever RSS - Redes Comunitárias